12/04/2015

ESTRELA - poema de Gino Marson




Ela está longe
Parece perto
Brilha como só
Quando a vi
Era longe, virtual
Aproximou-se
Veio de mansinho
Pude até sentir
O cheiro inebriante
Odor embebido
Na luz refletida
Figura única, soberba
Intocável pela distância
Agora mais perto
Sinto-lhe o calor
Apesar de tudo
Isso é sonho
Está muito longe
Enquanto conservo
No órgão palpitante
Possível guardá-la
Pelo menos, agora
Em poucos instantes...

Autoria: Gino Marson      


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Faço a moderação dos comentários, por isso ao enviar sua mensagem, aguarde pela aprovação. Comentários ANÔNIMOS ou com links NÃO serão publicados. Lembre-se de assinar!

Grata

Sonia Salim