05/11/2012

Divagações



Do meu coração jorra muita raiva e eu não consigo pensar além das barreiras que ela permite.
Tenho raiva de pessoas, da vida, de tudo.
A vontade é de sair, sumir, desaparecer.
As pessoas são hostis, o mundo é perverso e eu cansei de tudo.
Eu quero ignorar a vida, esquecer quem sou e a que venho.
Na verdade, estou aqui para nada, coisa nenhuma. É tudo muito obscuro e não consigo ver o bem reinando acima do mal.
Percebo o gosto amargo do fel na boca dizendo que é hora de partir, explorar momentos de solidão.
Não consigo viver assim, na estagnação e no medo.
É tudo muito nojento, à volta só há humilhações.
Alguns seres são horrendos e intragáveis, impossível conviver numa sociedade em que os homens não refletem, são como robôs, repetindo continuamente as ações.
É um mundo corrupto e voraz, um palco de fantasias para os homens que mantêm os infelizes nesse olhar que vagueia nas trevas do nada.
Um mundo ríspido, estéril, improdutivo, sem ilusões.
Eu cansei de viver dessa forma. Adeus!

Sonia Salim

imagem

4 comentários :

  1. ´✿·´✿·´✿·´✿·´✿·´✿·´✿·´✿·´✿·´✿

    OLÁ MEU NOME É DIANA
    VIM CONHECER TEU BLOG!!!
    GOSTEI E ME TORNEI SEGUIDORA,
    POR FAVOR ME VISITE LÁ NO
    http://trabalhomissionariodiana.blogspot.com.br/
    SE GOSTAR SEGUE TAMBÉM!!!
    BEIJO NO CORAÇÃO!!! E EU VOLTO!!!!
    ·´✿·´✿·´✿·´✿·´✿·´✿·´✿·´✿·´✿·´✿

    ResponderExcluir
  2. Sônia..é exatamente assim que estou me sentindo nesse momento..espero que isso possa passar logo. Parabéns pelo blog, me identifiquei com ele e já estou te seguindo. Abraços. Sandra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sandra, eu tive esse sentimento realmente. Eu escrevi e deixei guardado para pensar se publicaria ou não. Depois de muitos dias em que já não restava mais nenhuma raiva porque foi tudo momentâneo, eu resolvi tornar público. São momentos que passamos e que nos servem de reflexão. Talvez para uma tomada de decisão, uma mudança qualquer, coisa desse gênero. Enfim, tudo passa e podemos viver normalmente os novos desafios.

      Deus te abençoe para que tudo transforme em alegrias.

      Abraços fortes!

      Sonia Salim

      Excluir
  3. Forte, bem forte. Mas me sinto várias e várias vezes assim. Já sou um pouco assim, me isolo para poder suportar o mundo. Amei esse seu texto.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir

Faço a moderação dos comentários, por isso ao enviar sua mensagem, aguarde pela aprovação. Comentários ANÔNIMOS ou com links NÃO serão publicados. Lembre-se de assinar!

Grata

Sonia Salim