30/04/2012

Câmaras Escuras

Por @soniasalim  


Inesperadamente
Eu percebi
Que havia entrado
Nas câmaras escuras
De minha alma
Muitos entulhos
Estava tudo lá
Intocável
Cacos velhos
Empoeirados
Hesitei entrar
Mas ao perceber
Já estava olhando
Pelos pequenos
Fios de luz
Que nada foi removido
Abalado
E resolvi mudar
Abrir as portas
Romper cadeias
Quebrar os muros
Reconstruir e renovar
E nunca mais
Ali voltar


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Faço a moderação dos comentários, por isso ao enviar sua mensagem, aguarde pela aprovação. Comentários ANÔNIMOS ou com links NÃO serão publicados. Lembre-se de assinar!

Grata

Sonia Salim