05/05/2013

Tarde de Outono




    Hugo Feijó Fº


Há uma grande procura por um tipo de mulher perfeita
Não é nada fácil encontrar alguém para se viver a cena 
Tem coisas na vida que surgem do nada não há receita
Minha alma leve e sedenta almejando a felicidade plena

Durante o encontro casual nossos olhares se cruzaram
Estremeci da cabeça aos pés sem parar um só instante
Mas confesso não sinto rancor daqueles que duvidaram
Tenho que construir uma vida nova deste dia em diante

Esta felicidade total, sem a insistência não aconteceria
Deveria ter sentimento e não aceitar qualquer coração
Uma sensação de como se tivesse ganhado na loteria
É um longo caminho, porém meus passos têm direção

No sentido do pôr do sol, caminhei de cabeça erguida
Ouvi dizer que tudo não passava de um amor em vão
Tímida, fitava meu rosto com um sorriso sem medida
Resolvi provar que ninguém mandava no meu coração

Naquele fim de tarde de outono atravessei uma ponte 
Ouvia o vento sussurrar por entre os galhos despidos
Não tardou e a linda lua prateada surgiu no horizonte
Percebia mudanças na natureza em todos os sentidos

Pequenos gravetos caídos, folhas farfalhando no chão
Aquele dia estava fresco e fazia um sol bem fraquinho
Sem pressa deixava o lugar segurando firme sua mão
Agora que sei o que é o amor não quero ficar sozinho



imagem

3 comentários :

  1. Li o poema "Tarde de Outono", ouvindo "Folhas de Outono", na linda interpretação de Nat King Cole. Tudo tão perfeito. Não tenho mais o que dizer! Lindooooo!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também1Ficofeliz em saber que um jovenzinho poeta, assume em palavras sentiemnto tão lindo , com tanta sensibilidade!
      Parabéns ao Hugo!

      Excluir
  2. Simplesmente lindo o poema!!! Ele me tocou!.... Escrito com uma sensibilidade sem igual! Fiquei sonhando aqui, acordada... vê se pode?! XD risos

    Obrigada, amiga, por compartilhar este poema conosco! E muito obrigada também ao escritor Hugo Feijó por nos presentear com esta poesia repleta de sentimentos!...

    Há palavras que nos envolvem, nos abraçam e nos beijam. Eu senti tudo isso!

    A proeza é que arrancou o meu suspiro!...

    ResponderExcluir

Faço a moderação dos comentários, por isso ao enviar sua mensagem, aguarde pela aprovação. Comentários ANÔNIMOS ou com links NÃO serão publicados. Lembre-se de assinar!

Grata

Sonia Salim